O bairro João Pioli ficará bem mais arborizado a partir deste sábado (18/9). A Prefeitura de Indaiatuba fará o plantio de 96 mudas de árvores nas calçadas e áreas de lazer do bairro.

A ação é a segunda etapa do Projeto Bairro Verde que foi criado pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente com a proposta de reforçar a arborização urbana de Indaiatuba, incentivando os moradores a plantarem árvores nas calçadas das residências. A data do plantio foi escolhida para marcar o Dia da Árvore, comemorado no dia 21 de setembro.

As atividades no João Pioli terão início às 9h e a concentração será realizada na pracinha localizada na Avenida Artes e Ofícios, cruzamento com a Avenida dos Artífices.

A equipe do Projeto Click Árvore estará conduzindo o plantio, que também terá a parceria da Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura (Fiec) e do Grupo UniEduK, que doou parte das mudas.

Os moradores do bairro escolheram as espécies e também ajudarão a plantar.

O prefeito Nilson Gaspar (MDB) e o secretário municipal de Serviços Urbanos, Guilherme Magnusson, participarão da ação, que deve ser repetida em outros bairros do município que apresentam pouca arborização.

A primeira etapa do projeto no bairro João Pioli foi realizada no dia 4 deste mês, com o cadastramento das famílias interessadas no plantio nas calçadas de suas residências.

Equipes formadas por funcionários do Meio Ambiente, do Grupo UniEduK e estagiários da Fiec fizeram visitas nas residências do bairro para explicar os benefícios da arborização urbana e fazer o cadastro das famílias.

Entre as espécies escolhidas pelos moradores estão o resedá rosa e branco, aroeira salsa, flamboyant-mirim, cássia imperial, escova-de-garrafa, manacá-da-serra, oiti, quaresmeira, pata-de-vaca, ipê-amarelo e ipê-branco.

BAIRRO VERDE

O projeto Bairro Verde consiste em um trabalho realizado porta a porta, por meio do qual os funcionários da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente em parceria com alunos da Fiec (Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura) e da Faculdade Unimax, que pertence ao Grupo UniEduk, oferecem o plantio de mudas nas residências.

É feio um cadastro das famílias, durante o qual é explicada a importância do plantio, as espécies que podem ser usadas nas calçadas, e dar segurança aos moradores de que é possível plantar uma árvore na calçada sem problemas futuros. Nesta fase do projeto o morador esclarece as dúvidas e depois faz a adesão e escolha da espécie de árvore desejada.

A proposta do projeto é dar autonomia e conhecimento aos munícipes para que tenham a liberdade de escolha e facilidade de acesso ao serviço oferecido, permitindo melhorar e aumentar a arborização dos bairros que possuem a carência de árvores.

O projeto piloto foi implantado no bairro João Pioli e terá sequência nos outros bairros que possuem o mesmo diagnóstico de deficiência de arborização.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.