Por Patrícia Lisboa

O governo do Estado amplia o programa Vale Gás, passando a beneficiar 426,9 mil famílias em todo o Estado, o que corresponde a mais de 2 milhões de pessoas. O investimento total na ação de segurança alimentar é de R$ 128 milhões. Segundo o prefeito Nilson Gaspar (MDB), Indaiatuba vai ser contemplada com o Vale Gás. Mas, o número de beneficiados ainda não está definido. Ontem (3/8), o prefeito esteve em reunião com o vice-governador Rodrigo Garcia, e o deputado estadual Rogério Nogueira (DEM), para tratar do assunto.

O pedido e a promessa para incluir Indaiatuba no Vale Gás já tinham sido feitos durante a visita do vice-governador a cidade, no dia 24 de junho.

O benefício de R$ 300, pago em 3 parcelas bimensais de R$ 100, está garantindo a compra de botijões de gás de cozinha (GLP 13kg) para as famílias em situação de extrema pobreza e pobreza (renda mensal per capita de até R$ 178), e que estejam inscritas no CadÚnico (sem o Bolsa Família). No lançamento, o programa priorizava as famílias que residiam em comunidades e favelas, locais de pouca infraestrutura e de alto risco.

Com a ampliação do programa, todas as famílias que atenderem aos critérios de elegibilidade (ter renda mensal per capita de até R$ 178) terão acesso ao voucher para o saque direto nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil ou 24 horas.

A primeira parcela começou a ser paga no dia 20 de julho e já está disponível para os novos beneficiários. As próximas parcelas serão pagas em setembro e novembro, respectivamente.

(Com informações do Governo do Estado de São Paulo)

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.