A Prefeitura de Indaiatuba faz o lançamento da Central de Libras, que passa a funcionar, nesta quarta-feira (14/7), em todas as repartições públicas municipais.

A Central de Libras conta com mais de 150 intérpretes e, a partir de hoje, o serviço está disponível para o público, tanto no Paço Municipal como nas demais repartições municipais, no atendimento de forma presencial ou no acesso pelo site da Prefeitura, que disponibilizará um ícone da Central de Libras com uma intérprete em tempo real.

Na prática, quando um deficiente auditivo buscar qualquer área dentro do Paço Municipal, o servidor terá a possibilidade de prestar um melhor suporte.

Por meio do aplicativo da Icom ou pelo Qr Code, que está no site da Prefeitura, é possível fazer a tradução simultânea, por intermédio de uma intérprete que está disponível em vídeo chamada, o que facilita o diálogo, interação e a acessibilidade dos deficientes auditivos.

A intenção é, futuramente, toda a cidade possa contar com essa tecnologia e também externar para cidades próximas.

A implantação da Central de Libras no município foi idealizada a partir da Lei nº 7.211, de autoria da vereadora Silene Carvalini (PP).

A ei propõe a criação de uma Central de Intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e Guias Intérpretes para surdos e surdos-cegos, a Central de Libras.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.