A Secretaria de Saúde de Indaiatuba registra uma morte e 93 novos casos de covid-19, nesta quinta-feira (22/7). Agora, a cidade soma 714 vítimas fatais, 28.410 contaminações e supera o número de 50 mil pessoas com a imunização completa.

O óbito aconteceu ontem (21/7) e a vítima foi uma mulher, de 48 anos, que estava internada no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc) desde o dia 30 de junho e também tinha hipertensão, asma e obesidade.

As taxas de internação continuam com melhora gradativa. Hoje, há 90 pessoas com sintomas de síndrome respiratória internadas no sistema de saúde de Indaiatuba e 66 delas já confirmaram o diagnóstico de covid-19.

No Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc), a taxa de ocupação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) é de 88%. No Hospital Santa Ignês, a ocupação é de 69%. Os leitos de UTI alugados pela Prefeitura em hospital particular de Artur Nogueira estão 71% ocupados.

Nas enfermarias, as taxas de ocupação são de 58% no Haoc e de 50% no Hospital Santa Ignês, sendo que, desde o último sábado (17/7), a unidade reduziu de 31 para 22 leitos clínicos para a covid-19, por causa da diminuição da demanda.

VACINADOS CONTRA A COVID-19

1ª DOSE: 126.692
2ª DOSE: 43.428
DOSE ÚNICA: 6.860
TOTAL IMUNIZADOS: 50.288

CUIDADOS

A Secretaria Municipal de Saúde orienta a pessoa que apresentar qualquer sintoma de contaminação pelo coronavírus, que procure o atendimento on-line Minha Saúde Covid-19. O acesso é pelo site da Prefeitura.

Dúvidas podem ser esclarecidas pelo WhatsApp (19) 9779-3856.

Os cuidados preventivos não podem ser esquecidos: usar a máscara ao sair de casa, manter o distanciamento social, evitar aglomerações e higienizar as mãos frequentemente.

(Fonte: Secretaria de Saúde de Indaiatuba)

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.